Estado orienta sobre coronavírus
Por Gazeta Digital
30/01/2020 - 14:14

Foto: Ilustrativa

Com a notificação de 33 casos suspeitos do coronavírus (2019-nCoV) no país, sendo que 9 ainda são analisados em 6 unidades federativas do Brasil, secretarias de Saúde de Cuiabá (SMS) e de Mato Grosso (SES) emitem notas técnicas com informações e orientações às unidades e profissionais de saúde. Segundo o Ministério da Saúde (MS), das 33 notificações, 20 foram excluídas e 4 casos, que se enquadram nas definições do novo vírus, foram descartados por exames laboratoriais. Conforme avanço nas pesquisas, o órgão encaminha alertas diários para todos os estados do país.

Gerente da Vigilância em Doenças e Agravos Transmissíveis da SMS, Flávia Guimarães explica que como na Capital, bem como em todo o Estado, não há casos notificados, o trabalho está focado na prevenção e preparação das unidades de saúde e dos profissionais que possam vir a lidar diretamente com o paciente diagnosticado com o vírus. Ela afirma que os procedimentos a serem adotados não são muito diferentes dos já executados em casos de doenças respiratórias agudas, como a H1N1. “O modelo de isolamento, coleta da material e manipulação de medicamentos são semelhantes”.

De acordo com Guimarães, desde que foi notificado o primeiro caso suspeito da doença no Brasil, todas as secretarias de saúde do país estão sendo orientadas pelo MS. E com base nessas orientações, a pasta elaborou uma nota técnica que deve ser divulgada nesta quinta-feira (30), no intuito de sensibilizar os profissionais da área da saúde com relação à possível infecção.

Questionada se os hospitais da Capital estão prontos para atender um possível caso, ela diz que não tem como afirmar com certeza, pois as recomendações estão sendo feitas, mas não se sabe como estão sendo incorporadas em cada unidade. Segundo ela, o foco no momento é a contextualização dos sintomas pois, com base neles é que se pode dar o tratamento adequado. “A atenção no momento é voltada para as pessoas que tenham vindo da China recentemente ou aquelas que tiveram contato com outras que estiveram naquele país. Em Cuiabá ainda não temos nenhuma situação parecida”.

 
 

A SES informou que assim como todos os estados, Mato Grosso tem recebido do MS diversos alertas com relação ao coronavírus, por meio dos Boletins Epidemiológicos produzidos semanalmente pelo Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública.

A pasta participou de webconferência com a Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, onde foram repassadas informações e orientações para possível entrada do vírus no Brasil. Diante disso, foi emitido um alerta a todos as unidades de saúde sobre o coronavírus, com orientações referentes às características de casos suspeitos, contatos do órgão estadual para uma possível notificação e condutas a serem adotadas após a notificação.

Carregando comentarios...

Educação

Fapan oferece 75 vagas no PROUNI

30/01/2020 - 13:06