Expediente Anunciar Contatos Terça-feira, 23 de Outubro de 2018

cometa outubro rosa 2018

Campanha do Sesi traz vacinas contra a gripe H1N1 para Cáceres
Data:28/03/2018 - Hora:12h20
Campanha do Sesi traz vacinas contra a gripe H1N1 para Cáceres
arquivo

A Campanha de vacinação do Serviço Social da Indústria (Sesi MT) prevê aplicar 20 mil doses contra a gripe H1N1 em trabalhadores da indústria de todo o Estado. A imunização é tetravalente e atua por 12 meses para evitar a doença que, em sua forma grave, pode levar à morte. Conforme a Secretaria de Estado de Saúde (SES), um óbito e 21 casos já foram registrados neste ano, em decorrência da doença. Em 2017, foram 128 casos em 17 municípios;

Alta Floresta. Aripuanã, Barra do Bugres, Barra do Garças, Cáceres, Campo Verde, Cuiabá, Juara, Juína, Lucas do Rio Verde, Nova mutum, Primavera do Leste, Rondonópolis, Sinop, Sorriso, Tangará da Serra e Várzea Grande estão na lista de municípios em 2017 com registros de casos de H1N1.

A vacina oferecida pelo Sesi para as indústrias pode ser aplicada em crianças a partir de três anos. A contraindicação é somente para pessoas que tiveram reação alérgica grave com uma dose anterior, que têm alergia grave ao ovo ou estejam com a imunidade baixa. Pessoas com febre ou alguma virose devem adiar a aplicação.

Aplicada em dose única, a vacina protege contra os vírus A (H1N1); A (H3N2) e 2 vírus Influenza B (subtipos Brisbane e Phuket), mas leva até três semanas para atuar e, até mesmo após a vacinação, é importante tomar outras medidas para evitar a transmissão do vírus Influenza, explica a enfermeira do Sesi, Gabriela D’ávila.

“Os cuidados são constantes, por isso é indicado evitar aglomerações, lavar as mãos frequentemente, utilizar álcool em gel após cada lavagem. Além disso, durante o espirro ou tosse, é indicado evitar as mãos para proteger o rosto, o ideal é utilizar o braço ou um lenço de papel”, explica.

Para mais informações, ligue (65) 3611-1555 / 0800 642 1600 ou fale por meio do Whatsapp (65) 9695-5415.

Sintomas e transmissão

O Ministério da Saúde alerta que a influenza é uma doença viral febril, aguda, geralmente benigna e autolimitada. Entre os sintomas estão febre, calafrios, tremores, dor de cabeça, mialgia e anorexia, assim como sintomas respiratórios como tosse seca, dor de garganta e coriza.

A Influenza pode ser transmitida de forma direta, por meio das secreções das vias respiratórias de uma pessoa contaminada ao espirrar, ao tossir ou ao falar, ou por meio indireto pelas mãos, que podem carregar o vírus diretamente para a boca, nariz e olhos.


fonte: assessoria

»     COMENTÁRIOS
 
\\ PUBLICIDADE
Juba Supermercados
água prisma 2
prisma 2
areeira monte verde
São matheus
jane
\\EDITORIAIS
  • Agronegócio
  • Anúncios e Comunicados
  • Artigos
  • Cidades
  • Cultura
  • Economia
  • Educação
  • Esporte
  • Gastronomia
  • Geral
  • Humor
  • Meio Ambiente
  • Polícia
  • Política
  • Pontos Turísticos
  • Saúde e Bem Estar
  • Social
  • Utilidade Pública
  • Variedades
  • Galeria de imagens
  • Diário de Cáceres 2014 Copyright © Todos direitos reservados Desenvolvimento de sites