Expediente Anunciar Contatos Quarta-feira, 20 de Junho de 2018

PANVET

Suposto desvio de merendas em Cáceres foi denunciado por professores, diz delegado
Data:05/04/2018 - Hora:10h43
Suposto desvio de merendas em Cáceres foi denunciado por professores, diz delegado
reprodução

As denúncias que resultaram na deflagração da Operação Merenda Segura nesta quarta (4), em Cáceres, vieram de professores e servidores das escolas supostamente afetadas. A informação foi dada pelo delegado da Polícia Federal, Carlos Augusto Schwengber.

 

“(Eles denunciaram) que as merendas não chegavam para os alunos como deveriam e que aconteciam alguns casos dos produtos serem entregues vencidos ou com o prazo de validade apagado ou adulterado”, explica em coletiva à imprensa.

O delegado pontua que foram cumpridos mandados de busca e apreensão nas escolas estaduais São Luiz e Senador Mario Motta, em uma empresa fornecedora de produtos e em um órgão público que realizava os processos administrativos e licitatórios para a compra dos alimentos.

“O caso foi levado até o Ministério Público Federal (MPF), que posteriormente encaminhou os documentos para a PF, que instaurou o inquérito. Depois de ouvir testemunhas do caso, os mandados de busca e apreensão foram cumpridos”, diz o delegado.

 
 

Um mercado também é alvo dos federais. Trata-se do Mercado Cristal, no bairro Rodeio. As ordens judiciais foram expedidas pelo Juízo Federal da 1ª Vara da Subseção Judiciária de Cáceres, onde tramita o inquérito.

Operação

A PF deflagrou nesta quarta a Operação Merenda Segura com o objetivo de investigar supostos desvios no emprego de verbas públicas federais destinadas à educação. Foram cumpridos 10 mandados de busca e apreensão em Cáceres.

De acordo com a apuração do , os supostos desvios de merendas chegaram a ser assunto entre os funcionários de uma das escolas. Uma servidora de uma unidade comentou com a reportagem que apesar de ninguém ter nenhuma ideia se o problema era real ou não, conversas de corredor pontuavam sobre a suposta existência deste esquema.

Ainda entre as ações para apurar os desvios, a secretaria estadual de Educação (Seduc) afirma que afastou recentemente o diretor da unidade Senador Mário Motta por denúncias de irregularidades na gestão. Uma interventora está no lugar do diretor afastado.


fonte: Carlos Palmeira/RDNEWS

»     COMENTÁRIOS
 
\\ PUBLICIDADE
Juba Supermercados
água prisma 2
jane
areeira monte verde
Contec Contábil
prisma 2
\\EDITORIAIS
  • Agronegócio
  • Anúncios e Comunicados
  • Artigos
  • Cidades
  • Cultura
  • Economia
  • Educação
  • Esporte
  • Gastronomia
  • Geral
  • Humor
  • Meio Ambiente
  • Polícia
  • Política
  • Pontos Turísticos
  • Saúde e Bem Estar
  • Social
  • Utilidade Pública
  • Variedades
  • Galeria de imagens
  • Diário de Cáceres 2014 Copyright © Todos direitos reservados Desenvolvimento de sites