Expediente Anunciar Contatos Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

unimed serviços credenciados

Pais de alunos em greve cobram Seduc sobre eleições para diretor em Cáceres
Data:06/07/2018 - Hora:14h28
Pais de alunos em greve cobram Seduc sobre eleições para diretor em Cáceres
assessoria

Os pais de estudantes em greve da Escola Estadual Dr. José Rodrigues Fontes, em Cáceres, cobraram na manhã de sexta-feira (06.07) a secretária de Estado de Educação Marioneide Kliemaschewsk sobre a realização de eleições para a gestão escolar da unidade, que teve diretora indicada pela assessoria pedagógica sem aval da comunidade escolar, conforme garante a Lei 7.040/1998. A comunidade escolar está em greve há 15 dias pelo direito de eleger o gestor, assim como pela manutenção de uma funcionária que foi transferida arbitrariamente.

 

“A gente quer respeito. Sou mãe de duas alunas e escolhi essa escola por causa do projetos que ensinam sobre respeito e diversidade e a atual diretora cancelou todos os projetos. Que democracia é essa? Hoje os portões vivem trancados e só podemos entrar na escola com autorização da diretora, o que nunca aconteceu antes. Pedimos a ação da Seduc, pedimos ajuda do Ministério público, mas não obtivemos resposta. Nossa luta é por respeito e dignidade e enquanto não tivermos o direito de escolher o gestor, continuaremos na luta”, afirma Maria Inês Jesus Batista.

 

Para a secretária de Políticas Educacionais do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT), Guelda Andrade, é evidente que a Lei de Gestão Democrática (7.040/1998) não está sendo cumprida. “A escola desenvolve um trabalho de excelência e tem a participação da comunidade. Não podemos admitir a imposição de uma diretora, que é uma agressão e negação de direitos. Já que o artigo 8º da Lei 7.040/1998 não foi cumprida – que seria fazer a eleição de novo gestor em 15 dias – exigimos que o artigo 9º seja posto em prática – o coordenador pedagógico assumir o mandato ou a realização de uma assembleia para escolha do gestor. É preciso que a Legislação seja cumprida e que o processo democrático dentro da escola seja garantido”.

 

Sobre as demandas da comunidade escolar, a secretária de Estado de Educação informou que fará uma reunião na segunda-feira (09.07) com o staff e assessoria jurídica para dar um parecer sobre o caso até o final do dia.


fonte: assessoria

»     COMENTÁRIOS
 
\\ PUBLICIDADE
Juba Supermercados
dunga
jane
Contec Contábil
prisma 2
São matheus
\\EDITORIAIS
  • Agronegócio
  • Anúncios e Comunicados
  • Artigos
  • Cidades
  • Cultura
  • Economia
  • Educação
  • Esporte
  • Gastronomia
  • Geral
  • Humor
  • Meio Ambiente
  • Polícia
  • Política
  • Pontos Turísticos
  • Saúde e Bem Estar
  • Social
  • Utilidade Pública
  • Variedades
  • Galeria de imagens
  • Diário de Cáceres 2014 Copyright © Todos direitos reservados Desenvolvimento de sites