Expediente Anunciar Contatos Sábado, 17 de Novembro de 2018

PANVET

Campanha Papai Noel dos Correios começou ontem,6
Data:07/11/2018 - Hora:09h22
Campanha Papai Noel dos Correios começou ontem,6
arquivo

O Correios de Cáceres  já está realizando desde ontem, 6, a campanha “Papai Noel dos Correios”, onde as crianças deixam suas cartinhas com os pedidos de presentes.

Este ano, a ação acontecerá até o dia 20 de dezembro, quem quiser “adotar” uma criança tem até essa data para escolher uma carta e fazer o natal de alguém mais feliz.  

A campanha funciona da seguinte forma: a criança deve escrever uma cartinha endereçada dizendo o que quer ganhar e torcer para ser contemplada.

Quem tiver o interesse de ajudar, deve se dirigir até a agência dos Correios, que fica na Sete de Setembro, escolher quantas adoções deseja fazer e após ler os pedidos, a pessoa receberá um número referente à carta que escolheu.

A cartinha não é retirada dos Correios, para não criar vínculo algum, então, assim que comprado os presentes, eles  devem ser levados à agência, que fará o trabalho de entregar a cada um na véspera do Natal.

   Os presentes devem ser novos e entregues devidamente embalados, para não correr o risco de estragar durante o transporte.  Muitas crianças pedem materiais escolares, outras alimentos e, claro, brinquedos. 

A gerente substituta da agência do Correios em Cáceres, Adriana da Silva Santana, informou que antes mesmo do início da campanha, as catinhas já começaram a chegar. " E da mesma forma, pessoas querendo apadrinhar também buscaram informações".


   Mais informações pelo telefone (65) 3903-1151.

 

A campanha

A campanha Papai Noel dos Correios surgiu há 29 anos,por iniciativa de carteiros que, durante a rotina de trabalho, recebiam cartas escritas por crianças, destinadas ao Papai Noel, porém, sem endereço.

Sensibilizados, resolveram adotar eles mesmos as cartinhas e enviar os presentes.

Com o passar do tempo, a ação ganhou proporção e acabou se transformando num projeto corporativo.

A partir de então, as cartas enviadas pelas crianças são lidas e selecionadas e, depois, são disponibilizadas nas unidades da empresa para os voluntários.

Os carteiros não distribuem cartas das crianças diretamente à população, em suas residências. Os interessados precisam buscar as correspondências nas unidades ou se cadastrar no blog da campanha.

Os presentes são recebidos nos pontos de entrega divulgados e os Correios fazem a distribuição.

Não é permitida a entrega direta do presente, por isso, o endereço da criança não é divulgado, nem informado ao padrinho.


fonte: Diário de Cáceres

»     COMENTÁRIOS
 
\\ PUBLICIDADE
Juba Supermercados
Prisma
Contec Contábil
areeira monte verde
jane
\\EDITORIAIS
  • Agronegócio
  • Anúncios e Comunicados
  • Artigos
  • Cidades
  • Cultura
  • Economia
  • Educação
  • Esporte
  • Gastronomia
  • Geral
  • Humor
  • Meio Ambiente
  • Polícia
  • Política
  • Pontos Turísticos
  • Saúde e Bem Estar
  • Social
  • Utilidade Pública
  • Variedades
  • Galeria de imagens
  • Diário de Cáceres 2014 Copyright © Todos direitos reservados Desenvolvimento de sites