Expediente Anunciar Contatos Terça-feira, 11 de Agosto de 2020

coc topo

Valdeníria vai disputar prefeitura de Cáceres
Data:17/02/2020 - Hora:16h06
Valdeníria vai disputar prefeitura de Cáceres
arquivo

A disputa pela sucessão municipal em Cáceres ganha um novo concorrente. A vereadora Valdeníria Dutra Ferreira (PSDB) deve anunciar, nos próximos dias, o lançamento de sua pré-candidatura. “Existe essa possiblidade. Ainda não está 100% porque estamos avaliando algumas situações que devem ser definidas em breve” afirma assinalando que vários eleitores, colegas vereadores, representantes de entidades e clubes de serviços tem manifestado apoio à ela nesse sentido.

Sendo confirmado o lançamento, Valdeníria deverá ampliar o grupo de pré-candidatos formado pelo ex-prefeito Túlio Fontes (PV); o professor Adriano Silva (DEM); a vice-prefeita Eliene Liberato Dias (PSDB); o empresário Takao Nakamoto (PSL), o servidor público Renancildo França (PSD), o médico Sérgio Arruda (Podemos) e comerciante James Cabral (PT), que pleiteiam substituir o prefeito Francis Maris Cruz (PSDB), em seu segundo mandato.

Vereadora de cinco mandatos, o nome de Valdeníria vem em ascensão. Candidata à deputada estadual em 2018, ela obteve em Cáceres, mais votos de todos os candidatos pelo município superando, inclusive, o número de votos do ex-prefeito de dois mandatos Túlio Fontes. No total ela obteve 9.441 votos, sendo 7.909 votos somente em Cáceres. O ex-prefeito Túlio Fontes, teve no total  9.484 votos, dos quais 6.564 de eleitores cacerenses.
 
O vereador Cláudio Henrique que também disputou uma cadeira na Assembleia Legislativa, pelo PSDB, obteve no total 6.323 votos, sendo 4.197 votos de eleitores do município. O vereador Cesare Pastorello, que candidatou-se pelo Solidariedade, partido pelo qual foi eleito, deputado federal doutor Leonardo, obteve 1.843 votos só em Cáceres. Segundo ela, o grupo conta com a soma do capital político dos apoiadores.

Cogitou-se, a princípio, a formação de uma aliança entre o PSB da vice-prefeita Eliene Liberato Dias e o PSDB da vereadora Valdeníria. A vice-prefeita que lançou sua pré-candidatura, ainda no ano passado, sairia como candidata a prefeita e a vereadora Valdeníria como vice. A aliança não prosperou. Um desentendimento entre o vereador Jerônimo Gonçalves, presidente do diretório municipal do PSB e a vereadora Valdeníria, fez projeto sucumbir.

Opiniões divergentes do vereador Jerônimo e da vereadora Valdeníria a respeito do caso da chamada “rachadinha” na Câmara, denunciada por um ex-assessor, foi a gota d’água para o fim da aliança que mal havia começado. Ao se manifestar contra a criação de uma Comissão de Investigação, proposta pela vereadora Valdeníria, para apurar o caso, Jerônimo criticou e taxou Valdeníria como “politiqueira”.
Valdeníria não deu maiores detalhes sobre a escolha do seu vice, mas resumiu que quer uma alguém que ajude a construir uma gestão mais voltada para o social. “Precisamos inverter as prioridades. Com a prefeitura ajudando o povo mais pobre aumentamos o consumo de produtos e serviços, gerando renda e criando empregos. Esse será o perfil”.


fonte: Sinézio Alcântara

»     COMENTÁRIOS
 
\\ PUBLICIDADE
Juba Supermercados
Contec Contábil
\\EDITORIAIS
  • Agronegócio
  • Anúncios e Comunicados
  • Artigos
  • Cidades
  • Cultura
  • Economia
  • Educação
  • Esporte
  • Gastronomia
  • Geral
  • Humor
  • Meio Ambiente
  • Polícia
  • Política
  • Pontos Turísticos
  • Saúde e Bem Estar
  • Social
  • Utilidade Pública
  • Variedades
  • Galeria de imagens
  • Diário de Cáceres 2014 Copyright © Todos direitos reservados Desenvolvimento de sites