Expediente Anunciar Contatos Quarta-feira, 16 de Outubro de 2019

ótica e acessórios

Onça-pintada morre atropelada em estrada no Pantanal de MT
Data:08/10/2019 - Hora:12h03
Onça-pintada morre atropelada em estrada no Pantanal de MT
Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental (BPMPA)

Uma onça-pintada foi encontrada morta nessa segunda-feira (7) supostamente depois de ter sido atropelada na MT-060, a Transpantaneira, na região do Pantanal, em Poconé, a 104 km de Cuiabá. Moradores viram o animal caído na rodovia e chamaram o Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental.

Segundo a tenente Joelma Carvalho, do Batalhão Ambiental, o animal é macho e considerado um adulto jovem.

O caso é tratado como atropelamento, mas o motorista que teria atingido a onça-pintada não foi encontrado no local e nem se apresentou às autoridades até esta terça-feira (8).

A onça-pintada foi encontrada morta em uma estrada perto de um hotel frequentado por turistas que procuram o Pantanal mato-grossense.

A tenente alerta motoristas a respeitarem o limite de velocidade na região, que é de 50 km/h. Com a alta velocidade, a poeira sobe com facilidade e atrapalha a visibilidade dos motoristas.

 
Onça-pintada foi encontrada morta nessa segunda-feira (7) supostamente depois de ter sido atropelada na MT-060, a Transpantaneira, na região do Pantanal, em Poconé — Foto: Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental (BPMPA)Onça-pintada foi encontrada morta nessa segunda-feira (7) supostamente depois de ter sido atropelada na MT-060, a Transpantaneira, na região do Pantanal, em Poconé — Foto: Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental (BPMPA)

Onça-pintada foi encontrada morta nessa segunda-feira (7) supostamente depois de ter sido atropelada na MT-060, a Transpantaneira, na região do Pantanal, em Poconé — Foto: Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental (BPMPA)

“É necessário que os condutores de veículos estejam sempre atentos a sinalização, limites de velocidade e observar a aparição de animais silvestres na pista. [Temos que] preservar a vida desses animais, bem como a integridade física do condutor e passageiros”, comentou.

O corpo da onça-pintada foi levado para a câmara fria do Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) do batalhão, que fica em Várzea Grande, na região metropolitana de Cuiabá.

Alguns protocolos serão feitos e a onça deve ser empalhada no procedimento conhecido como 'taxidermia'.


fonte: G1 MT

»     COMENTÁRIOS
 
\\ PUBLICIDADE
Juba Supermercados
Prisma
jane
Contec Contábil
areeira monte verde
\\EDITORIAIS
  • Agronegócio
  • Anúncios e Comunicados
  • Artigos
  • Cidades
  • Cultura
  • Economia
  • Educação
  • Esporte
  • Gastronomia
  • Geral
  • Humor
  • Meio Ambiente
  • Polícia
  • Política
  • Pontos Turísticos
  • Saúde e Bem Estar
  • Social
  • Utilidade Pública
  • Variedades
  • Galeria de imagens
  • Diário de Cáceres 2014 Copyright © Todos direitos reservados Desenvolvimento de sites