Enfermeira de 36 anos será vacinada às 16 h em Cáceres
Por assessoria
20/01/2021 - 14:48

Foto: arquivo pessoal

Conforme programado pelo Ministério da Saúde na semana passada, hoje (20/01), às 16:00 horas, a Prefeita Eliene acompanhará a imunização da primeira pessoa, habitante do município, que estará acontecendo na Central da Covid – 19, mantido pela Prefeitura Municipal de Cáceres. 

“É um momento histórico que estamos vivendo, após esforços de todo o mundo  na busca pela vacina contra o novo coronavírus.  Com a graça de Deus, estamos podendo imunizar a primeira cidadã cacerense. Sabemos que estamos longe do ideal, que seriam necessárias muitas doses a mais para poder imunizar toda população, porém, o primeiro passo foi dado para aliviar a dor e o sofrimento de milhares de munícipes, acometidos por essa terrível doença”, disse Eliene. 

“Temos concentrado  nos últimos dias, todos os esforços no sentido de combater diretamente o mal que esse vírus causa nas pessoas. Determinamos o imediato funcionamento da Central da Covid para o turno de  24 horas, temos insumos suficientes para o atendimento dos nossos pacientes, centenas de exames laboratoriais são realizados todos os dias, e, num esforço grandioso, contando com a ajuda de vários parceiros, pactuamos  10(dez) leitos de UTI no Hospital São Luiz, exclusivamente para  atendimento às pessoas infectadas pelo novo coronavírus”,  destacou a Prefeita. 

A primeira pessoa a receber a vacina será a Enfermeira Raquel Gomes de Moraes, 36 (trinta e seis)  anos de idade, com 16 (dezesseis)  anos de profissão, e, há 10 (dez) anos funcionária efetiva aprovada em  Concurso Público do Município de Cáceres. Com um histórico de atuação direta contra a Covid – 19, desde o surgimento da pandemia, Raquel  fez parte da equipe  que elaborou o primeiro plano de contingência à doença, também da estruturação da Unidade de Pronto Atendimento  – UPA, para receber os primeiros pacientes graves, além da realização de coletas para o exame de SWAB (covid).  Atualmente,  Raquel ocupa a função de Gerente de Enfermagem da UPA. É mãe da Cecília, com 2 (dois) anos de idade. 

Para a escolha das pessoas a serem vacinadas, foi seguido à risca todas as orientações do Ministério da Saúde, como profissionais da saúde no combate direto à pandemia, idosos acima de 60 (sessenta) anos em asilos e deficientes físicos institucionalizados. 

 

NOTA - 21/01/21
 
Hospital São Luiz informa que, até o momento, não foi formalizada a pactuação de leitos para atendimento de pacientes com Covid-19 por meio do SUS (Sistemas Único de Saúde). Nesta quarta-feira, 20, o hospital encaminhou resposta ao ofício da Secretaria de Estado de Saúde para a habilitação dos leitos e aguarda retorno.
 
Att,
 
Comunicação - Hospital São Luiz
Carregando comentarios...