Expediente Anunciar Contatos Quarta-feira, 23 de Outubro de 2019

cometa outubro rosa 2019

Polícia desmontou quadrilha com ramificação em Cáceres
Data:13/08/2019 - Hora:10h44
Polícia desmontou quadrilha com ramificação em Cáceres
reprodução

A Delegacia Especializada em Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores da capital, (DERRFVA) deflagrou a operação "Rentalis", na manhã da última sexta feira, (9) visando desarticular uma quadrilha que causou prejuízo aproximado de R$ 1 milhão com furto de carros de locadoras em Cáceres e na capital paulista.
 
A operação apurou que um grupo criminoso especializado, furtava veículos de empresas locadoras, levando os mesmos, para a Bolívia, estimando-se que os crimes cometidos pelos integrantes da associação podem ter gerado, somente no ano de 2019, um prejuízo aproximado de R$ 1 milhão às vítimas. Em Mato Grosso a maioria dos veículos furtados pelos criminosos eram caminhonetes, como Hilux e Amarok.
 
Alexandre Domingos Santana, de São Paulo, é apontado como chefe do grupo criminoso, e responsável por firmar alguns dos contratos de locação e coordenar as atividades dos demais envolvidos. Em São Paulo, durante cumprimento da ordem judicial, foram encontrados na residência de Alexandre diversas chaves de veículos locados e que foram furtados e encaminhados a Bolívia, e documentos públicos falsificados. As investigações ainda apontam que a associação criminosa atuava em São Paulo, Mato Grosso e Rondônia.
No desmonte da quadrilha foram identificados os integrantes Wilton Jhon Ferreira de Souza, José Márcio Mendes e Gerson do Nascimento Melo, moradores em Cáceres. Os três, além da função de firmar contratos de locação de veículos em seus nomes, eram os responsáveis por conduzir os automóveis subtraídos até a Bolívia, onde eram entregues a receptadores residentes naquele país.
 
Laura Michely da Silva Oliveira (mulher de Wilton Jhon) e Geisa Lucia da Silva (mulher de Gerson Nascimento) eram responsáveis por firmar contratos de locação e entregar os veículos locados aos demais integrantes da associação, a fim que estes levassem os automóveis furtados à Bolívia.
 
Eles devem responder pelos crimes de furto qualificado, estelionato, receptação, associação criminosa, falsa comunicação de crime e lavagem de dinheiro. Em uma das ações da quadrilha, os envolvidos tentaram furtar uma Mercedez Bens avaliada em R$ 150 mil, o qual seria levado para a Bolívia, mas o pesado veículo foi recuperado em Cáceres.


fonte: Correio Cacerense

»     COMENTÁRIOS
 
\\ PUBLICIDADE
Juba Supermercados
Prisma
jane
areeira monte verde
Contec Contábil
\\EDITORIAIS
  • Agronegócio
  • Anúncios e Comunicados
  • Artigos
  • Cidades
  • Cultura
  • Economia
  • Educação
  • Esporte
  • Gastronomia
  • Geral
  • Humor
  • Meio Ambiente
  • Polícia
  • Política
  • Pontos Turísticos
  • Saúde e Bem Estar
  • Social
  • Utilidade Pública
  • Variedades
  • Galeria de imagens
  • Diário de Cáceres 2014 Copyright © Todos direitos reservados Desenvolvimento de sites