Expediente Anunciar Contatos Quarta-feira, 22 de Janeiro de 2020

ótica e acessórios

Responsável pela recuperação de dependentes químicos, Centro de Recuperação pede socorro
Data:06/12/2019 - Hora:07h41
Responsável pela recuperação de dependentes químicos, Centro de Recuperação pede socorro
arquivo

Única entidade de recuperação de dependentes químicos e álcool de Cáceres, o Centro Terapeuta Renascendo com Cristo, pode encerrar as atividades por falta de incentivo. Inaugurado em novembro de 2010, o centro que já recuperou, para a família e a sociedade, dezenas de dependentes químicos atualmente, não tem condições sequer de alimentar os 8 internos, existentes porque não recebe nenhum tipo de ajuda da sociedade.

Um dos diretores do centro, o pastor Daniel Genuíno, afirma que “infelizmente a sociedade não dá a devida importância ao trabalho de recuperação dos dependentes químicos” diz acrescentando que “muitas pessoas, a maioria políticos, durante campanha eleitoral, enalteceram o trabalho e prometeram ajudar, mas depois que elegem, esquecem-se das promessas”.

De acordo com o pastor, cerca de 400 pessoas passaram pelo Centro de Recuperação, nos últimos 9 anos. Desse total, em média, segundo ele, 10% foram recuperados. Localizado no bairro do Lobo e mantido pela Igreja Evangélica Assembleia de Deus, a base de tratamento dos internos é terapia ocupacional e estudos bíblicos. A média de internação é de, cerca de 9 meses. Porém, em alguns casos, esse período é diminuído.

A direção do centro explica que em razão da posição geográfica de Cáceres com a Bolívia – considerado país exportador de drogas – torna-se muito fácil o acesso, principalmente, dos jovens a todo tipo de drogas, principalmente, de pasta base de cocaína. E, isso, conforme a direção do centro, faz com que, a cada dia aumenta o numero de pais de famílias que procuram a entidade em busca de socorro para os filhos.

Além de dependentes químicos de Cáceres, o Centro de Recuperação, atende também pessoas de vários municípios da região. Entre eles de Reserva do Cabaçal, Rio Branco, Lambari D Oeste, Curvelândia, São José dos IV Marcos e Salto do Céu. E ainda alguns casos frequentes como de pessoas de outros estados e até da Bolívia.

Diretor executivo do Centro, Divino de Almeida, conclama a população para que ajudem a missão da Igreja no sentido de recuperar os dependentes químicos que precisam de cura e libertação.

“Na verdade estamos pedindo socorro para nossa população. Apesar da grande dificuldade que atravessamos a nossa parte, de tratar e devolver curados muitos dependentes, estamos fazendo. Mas precisamos de ajuda, caso contrário, não teremos alternativa a não ser fechar as portas” diz que a única fonte de renda disponível é uma pequena banca de venda de verduras, localizada na Avenida Talhamares, mas totalmente insuficiente para custear as despesas do centro.


fonte: Sinézio Alcântara

»     COMENTÁRIOS
 
\\ PUBLICIDADE
Prisma
Juba Supermercados
jane
areeira monte verde
Contec Contábil
\\EDITORIAIS
  • Agronegócio
  • Anúncios e Comunicados
  • Artigos
  • Cidades
  • Cultura
  • Economia
  • Educação
  • Esporte
  • Gastronomia
  • Geral
  • Humor
  • Meio Ambiente
  • Polícia
  • Política
  • Pontos Turísticos
  • Saúde e Bem Estar
  • Social
  • Utilidade Pública
  • Variedades
  • Galeria de imagens
  • Diário de Cáceres 2014 Copyright © Todos direitos reservados Desenvolvimento de sites