Centenas de desempregados se aglomeraram hoje (06) na avenida e praça Sete de Setembro a espera de cesta básica
Por Sinézio Alcântara
06/04/2021 - 13:25

Foto: reprodução

Em busca de alimentos, centenas de pessoas, a maioria desempregadas, se aglomeraram na praça e Avenida Sete de Setembro, para conseguir ganhar uma cesta básica . A cesta não chegou. O fato ocorreu na manhã desta terça-feira,06.

A maioria país de famílias, foi atraída ao local, por dois motivos: primeiro, após um grupo de empresários fazer a doação de sacolões no dia anterior e ter prometido continuar a entrega hoje; e ainda porque foi informada de que o governo do Estado estaria distribuindo 2.400 cestas básicas no município.

Foi necessária a presença de servidores da Secretaria Municipal de Ação Social para desfazer o mal-entendido e evacuar as pessoas para evitar tumulto e aglomerações.

“Essas famílias vieram receber cestas básicas prometidas por um grupo de empresários. Mas, pelo que se sabe, eles não farão a distribuição porque não conseguiram doações das cestas” explicou um dos representantes da secretaria informando ainda que os sacolões prometidos pelo governo só deverão ser distribuídos no fim de semana.

 “É humilhante pra mim, mas é melhor pedir do que roubar né?” ,afirmou  M.A.P (35 anos) faxineira de uma empresa de autopeças ,dizendo que foi demitida do trabalho porque a loja está fechada, por causa do lockdown.

“Sou mecânico mais estou desempregado. O patrão disse que tinha que me mandar embora porque a loja está fechada e não está faturando nada. Por isso vim ver se ganho um sacolão” contou A.J.S (45 anos) afirmando que tem a esposa, a mães e três filhos menores de idade.

“Estou na fila para ganhar um sacolão como prometeram. Mas, até agora não chegou e a informação que temos é que deu zebra o negócio” disse o pedreiro B.A.P (43 anos) afirmando também que está desempregado, tem uma família de quatro filhos para dar de comer e não tem de onde tirar.

 

 

Carregando comentarios...

Cidades

Aulas presenciais: aprovação adiada

05/04/2021 - 16:49