Justiça determina que Francis retrate-se com Zé Eduardo
Por assessoria
10/11/2020 - 19:17

Liminar de juíza determinou publicação de nota de retratação em até 48 horas, mas prazo já expirou

 

Até o momento, o prefeito de Cáceres, Francis Mariz Cruz (PSDB), não publicou nota de retratação referente às polêmicas falas sobre Zé Eduardo Torres, na época da inauguração da UBS (Unidade Básica de Saúde) Dr. Ademar Rocha de Oliveira, situada na Cavalhada. Na ocasião, Francis afirmou que o então vereador Zé Eduardo, assim como os outros parlamentares que fazem oposição a ele, como o vereador Cláudio Henrique (PSDB) e os candidatos à reeleição Valdeníria Dutra (PSC), Rosinei Neves (PSC) e Cézare Pastorello (SD) eram responsáveis pelo atraso no pagamento dos servidores municipais.

“Isso é um absurdo. Sempre lutamos a favor de valorizar e dar melhores condições para os servidores e, mais uma vez, em uma manobra sorrateira, Francis deturpa a situação a favor dele. Ainda bem que a Justiça foi feita”, diz Zé Eduardo, que entrou com uma liminar contra Francis.

No dia 5 de novembro, a juíza eleitoral Graciene Pauline Mazeto da Corrêa da Costa deferiu a medida liminar com a finalidade de determinar que o atual prefeito se abstenha de praticar conduta semelhante contra estes parlamentares e retrate-se publicamente com os mesmos em até 48 horas. “O prazo expirou no sábado e estávamos aguardando até hoje a retratação. Mas conhecendo o Francis, sabemos que ele prefere pagar multa a publicar qualquer nota que o contradiga”, comenta, decepcionado, Zé Eduardo.

Carregando comentarios...